artigo-e-commerce

Como desenvolver seu e-commerce

artigo-e-commerce

 

Algumas empresas de e-commerce começaram no fundo de uma garagem e possuem uma bela história digna de um filme, porém, elas não atingiram sucesso por um passe de mágica.

O sucesso de uma empresa de e-commerce, assim como de qualquer empresa, é fruto de um intenso trabalho de empreendedorismo, um resultado de estratégias, planejamentos, insistência e uma boa escolha de ferramentas.

Para ser um bom “e-comerciante” você precisa, antes de tudo, saber comprar, fixar um bom preço, gerenciar muito bem seu estoque e principalmente oferecer um bom serviço de atendimento ao cliente.

Se você acha que utilizar uma plataforma de e-commerce, criar um estoque em seu quintal e trabalhar quando bem entender é suficiente para garantir a vida dos seus sonhos, está muito enganado.

Neste artigo vamos falar sobre práticas e tendências do e-commerce mundial e como otimizar seu comércio eletrônico.

força-e-commerce

Erros ao iniciar no e-commerce

Primeiramente vamos falar sobre alguns clichês, que infelizmente, ainda persistem em uma boa parcela de novos empreendedores:

  1. Criar um e-commerce não quer dizer que você vai investir um real e ganhar um milhão.
  2. Criar um e-commerce não significa que você deve trabalhar apenas três horas por dia e ter um crescimento de três dígitos.
  3. Criar um e-commerce não é uma fuga caso esteja desempregado ou porque seu segundo filho acaba de nascer.
  4. Não visualize um profissional de e-commerce  tomando cocktails exóticos em uma rede em alguma praia da Indonésia ou muito menos tirando leite de uma vaca finlandesa.

Um profissional de comércio eletrônico é um empreendedor com longas horas de atividade como: Vendas, compras, estratégias de marketing, comunicação, gestão de estoque e inúmeras ocupações que irão consumir suas míseras 24 horas por dia.

Uma boa venda é antes de tudo, uma boa compra

Sua jornada começa por fazer uma boa compra. Saber onde comprar seus produtos, oferecer qualidade e um bom preço aos seus clientes. Escolher bem seus fornecedores é primordial. Crie uma relação fiel e duradoura com o seu fornecedor, desta forma, você irá garantir um catálogo permanente de boas mercadorias.

Organize suas condições de entrega, estocagem e regras que vão transformar seu negócio em uma empresa rentável, sem preocupações e neuroses de como entregar uma mercadoria.

Organizes seus canais de venda

Planeje os canais de venda: plataformas de e-commerce (Magento, Opencart, etc.), loja física, mobile.

Investimentos e estratégias para anunciar suas mercadorias: Tenha um ou mais profissionais qualificados para realizar um trabalho de links patrocinados se desejar (Search, Display, Remarketing).

 

Planejamento SEO para e-commerce

Do que adianta lançar sua plataforma se o seu site não está bem otimizado?

Recorra uma agência de marketing digital ou profissionais da área para uma análise SEO on page do seu site, juntamente com análises de concorrentes, pontos fortes vs. pontos fracos, palavras-chaves e estratégias online para aplicar em sua campanha (links patrocinados, e-mail marketing, landing pages).

stock e-commerce

Organize sua loja virtual

Seu site de comércio eletrônico não é uma vitrine e sim uma loja. Organize a maneira que seus produtos serão visualizados, bem organizados, identificados e etiquetados. E principalmente uma maneira rápida e simples de efetuar a compra.

Mesmo se você vende em diversos canais, tenha sempre uma visão e controle centralizados de suas ações.

Evite fazer sua contabilidade manualmente, utilize soluções ERP integradas a sua plataforma para organizar sua gestão de contas e notas.

Visto essas etapas você pode ser capaz de realizar as seguintes operações:

  • Dar vida e  manutenção ao seu site
  • Estar visível e bem otimizado
  • Se adaptar a condições e estações de vendas
  • Gerenciar novidades de mercadorias
  • Gerenciar promoções
  • Criar condições de preços de acordo com as tendências do mercado
  • Fidelizar clientes (e-mail marketing)
  • Gerenciar suas notas, contas e gestão do estoque.

 

Serviço pós-vendas

Garanta sempre um bom serviço de acompanhamento de vendas e pós-vendas. Procure dar informações em tempo real ao cliente sobre produtos, escolhas e ações.

 

Segurança

Não podemos garantir 100% de segurança sobre compras na internet, mas mesmo assim, ofereça o máximo de segurança que puder contra possíveis ataques.

 

Logística do e-commerce

A logística é um fator importante e crucial para o bom funcionamento de seu e-commerce. Você precisa ser organizado e capaz de realizar tarefas como:

  • Recepção de suas mercadorias.
  • Dar entrada dos produtos no estoque e no sistema.
  • Organizar inventários.
  • Preparar as vendas e promoções.
  • Elaborar e organizar as embalagens para o frete dos produtos.

 

tendencias-e-commerce

Tendências globais do e-commerce

 

Supremacia Mobile

O crescimento assustador que todos já estão esperando. Os mobiles representam 15% do tráfego na internet e um crescimento de 150% ao ano.

Algumas empresas já conhecem um volume significativo de utilizadores via mobile como a Etsy, por exemplo, com 30% do volume de vendas. HotelTonight aluga quartos de hotéis a qualquer hora e possui uma frequência massiva de utilizadores mobiles (6,5 milhões), sendo um crescimento de 300% ao ano.

HotelTonight iPhone

 

 

 

 

 

HotelTonight, Ache um quarto de hotel nos Estados Unidos a qualquer momento.

 

Serviços a one clic

Já tentou achar um profissional de limpeza no último momento, uma babá, ou alguém para guardar seu cachorro? Ligações, recomendações, inseguranças, etc. Em breve, você poderá acessar a internet e achar o serviço que precisa em apenas um clique. Nos Estados unidos, empresas como HomeJoy, Handybook, Dogvacay, Rover.com realizam esses serviços e transformam tudo isto em realidade. Na velocidade em que as coisas se propagam, não irá demorar a termos acesso a todos esses serviços no Brasil, veja por exemplo o 99taxi, serviço brasileiro de táxi.

handybook

 

 

Handybook, encontre um profissional para faxina de acordo com a sua localização.

 

 

Consumo colaborativo, peer-to-peer

As redes peer-to-peer são umas das sensações no momento, possibilitando o compartilhamento de serviços em diversos setores como:

 

Entrega rápida

O comércio eletrônico vem fazendo o possível para reduzir o período de entrega, tudo isso com uma tarifa reduzida.

Por enquanto, entregas imediatas é um desafio, mas a criatividade nos serviços de entrega está aprimorando-se e muito em breve teremos entregas imediatas com ótimos preços.

Veja por exemplo Amazon, testando seus Drones, e a resposta de Netflix. Já a empresa Norte Americana Postmates faz avanços na área com vendas mobiles/online e entregas imediatas.

postmates

 

 

 

 

Postmates uma maneira rápida de entregar o que quiser, onde você estiver (Estados Unidos)

 

 

Ásia liderando o e-commerce

A China representa atualmente 60% do mercado de comércio eletrônico no mundo com empresas como: Alibaba (160 bilhões de dólares de vendas por ano), JD.com (14 bilhões de vendas por ano),  IQiyi (2,6 bilhões de vendas por ano), além da Índia que vem se destacando com Flipkart.

Como dissemos no começo do artigo, é uma tarefa que exige muita dedicação, mas se você seguir impiedosamente todas essas regras sua persistência pode transformar sua loja virtual em um resultado eficaz.

Obviamente, este artigo é um resumo do que você precisa para preparar sua decolagem no comércio eletrônico, recomendamos fortemente que busque orientações e órgãos especializados que podem auxiliá-lo na criação de uma empresa ou micro empresa.

 

1 comment on “Como desenvolver seu e-commerce

Reply

Ótimos comentários Fred, realmente abrir um e-commerce não é uma fuga para quem está desempregado ou uma forma de ter uma rendinha extra todo mês. O empresário deve encarar isso como uma operação complexa e também um investimento a longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *