guest post

Google anuncia o fim do Guest Post?

guest post

 

O último pronunciamento de Matt Cutts, coordenador da equipe de Anti spam do Google, vem causando inquietude e dúvidas entre os profissionais do marketing digital.

Matt Cutts acrescenta em seu blog algumas informações sobre o futuro do guest post ou guest blogging com finalidade para SEO, explicando que muito em breve, essas estratégias adotadas por muitos profissionais do marketing digital se forem utilizadas em demasia poderão ser reconhecidas como spam e penalizadas pelo Google.

Essa publicação gerou muitas dúvidas e apreensões para os profissionais da área, como:

  • Como o Google fará a diferença entre artigo pago, convidado ou gratuito?
  • Não poderei mais recorrer a redatores externos?
  • Links externos não serão mais levados em conta?

 

Guest Post ou Guest Blogging

Para quem ainda não conhece Guest Blogging ou Guest Post é um artigo escrito por um redator, pago ou convidado, para o  blog ou publicado em outro domínio apontando para o site de origem.

 

O Guest Post e o SEO                 

Matt Cutts já havia falado anteriormente (Outubro 2012, Novembro 2012, Julho 2013) sobre guest post para fins de SEO.

A mensagem foi clara: “Guest Blogging será mais e mais combatido pelo Google.”

Se a mensagem não foi clara para os profissionais da área, Matt completou em seu blog onde ele explica mais uma vez que “pagar para o PageRank” é uma prática perigosa e proibida!

Podemos esperar então nos próximos meses ações mais severas da parte dos algoritmos sobre os sites que utilizam essas estratégias?

Muitos especialistas dizem que isso é apenas mais uma FUD Do Google.

 

FUD: Google e suas estratégias

O serviço de comunicação do Google e em particular Matt Cutts utilizam estratégias conhecidas como FUD (Fear, Uncertainty and Doubt): Medo, incerteza e dúvida.

A intenção é fazer com o que o público-alvo modifique seu comportamento fazendo acreditar em um fato, mesmo que não seja real.

Essa prática também pode ser definida como sofismo, identificado desde a antiguidade pelos Gregos, onde ideias e raciocínios aparentemente lógicos se escondem atrás de um erro, mentira ou apenas um blefe. Uma maneira bastante eficaz para influenciar um grupo de pessoas e fazer acreditar que sua conduta em face de alguma coisa pode ser lógica, quando na verdade é irracional.

 

O futuro do SEO

Muita calma, antes de pensarmos em teorias da conspiração, vamos analisar um pouco mais os comunicados de Matt em seus vídeos.

Segundo ele, se o Guest Post for utilizado com moderação ele poderá ser bem interpretado e mais uma vez bate na tecla do marketing de conteúdo, no qual o artigo precisa ser relevante, de qualidade e de acordo com o nicho do site.

Não cansamos de dizer isso por aqui e é um assunto bastante comentado em blogs do gênero, mas sem dúvida é a grande tendência para o SEO nos próximos tempos.

Matt não recomenda o envio de “milhares” de e-mails oferecendo guest post, pois além de gerar posts de má qualidades podem muitas vezes ocorrer a publicação do mesmo artigo em dois blogs diferentes.

O Guest Post não será proibido, mas sua prática será limitada e recomenda-se que esta não seja sua única atividade para obter um melhor posicionamento.

Todas essas medidas são para combater abusos, spams e proporcionar ao usuário uma pesquisa com excelentes resultados.

 

spam

Dicas de Matt Cutts

Algumas dicas já são bem conhecidas, mas vale a pena lembrar algumas:

– Tenha sempre em mente que para o seu blog se destacar e obter um bom ranqueamento é necessário dedicação e textos de qualidade.

– Pense na mensagem que você quer passar, na sua perspectiva de onde quer chegar. Não se concentre apenas no número de palavras, como 300 ou 500, seja original.

– De que adianta obter artigos de terceiros se não forem de acordo com o tema do seu site ou de baixa qualidade?

– Cuidado com links embutidos em seu blog, pois se o site de origem não for considerado bom pelo Google poderá afetar a reputação do seu site.

– Você como proprietário de seu site, pense muito bem sobre o volume de informações que é inserido dentro dele, sobre as ligações, qualidade do conteúdo, o volume de trabalho e principalmente se vai agradar os usuários.

4 comments on “Google anuncia o fim do Guest Post?

Reply

Eu sabia que o SEO estava mudando mas nao a ponto de ‘cortar’ os guest posts. O interessante mesmo é focar na produçao de conteudo de qualidade e na navegabilidade do visitante em nosso blog.

Reply

A cada dia que passa o Google tira mais ainda nossas ferramentas de SEO. Sou novo na área, gostaria de saber se eu colocando um banner em um site penalizado, o site que o banner direcionar, também será penalizado e ou perderá rankeamento? Os dois sites falam de MMN, acredito que esse “site penalizado” esteja realmente penalizado pois ele estava na primeira e segunda pagina do google agora sumiu o index, só tem uma pagina na 4 pagina do google. O que me diz? Muito obrigado.

    Reply

    Ola Rafael,

    Você pode colocar um banner em um site penalizado sim, porém este banner precisa ser nofollow.

    Os sites recebem relevância (juice) dos links que recebem, e se seu link estiver em um site penalizado, esta relevância é ruim, por isso se este site pode trazer tráfego, e vale a pena colocar um banner lá, coloque, mas certifique-se de colocar a rel=nofollow para que não seja passado o juice.

    Isso deve resolver seu problema.

    Atenciosamente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *