sonho webmasters

Google Webmaster tools: As melhorias mais aguardadas

sonho webmasters

O diretor web spam do Google, Matt Cutts, publicou no final de 2013 em seu blog uma pergunta aos internautas sobre o que eles gostariam de ver como novidade no Google Webmaster Tools em 2014.

Matt já havia feito à mesma pergunta em 2006, e logo após, colocou muitas ideias em prática, todas elas sugeridas por webmasters e profissionais de SEO.

Neste artigo selecionamos as melhores sugestões por parte dos internautas e do público SEO para a ferramenta Google Webmasters Tools.

 

Algumas ideias já colocadas em prática

O impiedoso, porém sereno, Matt Cutts já efetuou algumas mudanças solicitadas no final de 2013. Desta vez, muitos usuários sugeriram melhorias e maiores precisões nas métricas como impressões e CTR. Além disso, modificações foram efetuadas para otimizar o auxílio e a recuperação de informações das palavras-chaves “abduzidas” pelo not provided.

Veja agora algumas sugestões plausíveis de serem colocadas em prática, sugestões que fazem parte não só dos internautas, mas também dos funcionários do próprio Google.

Dados atualizados e mais rápidos

Os dados exibidos pelo Google Webmasters Tools possuem algumas limitações e falta de atualizações, muitas vezes mostrando ao webmaster links que não existem mais.

A ferramenta pode apresentar alguns dias de atraso para indicações diárias como CTR e impressões. Isso faz com que muitos profissionais de SEO exigem uma melhoria e velocidade no tratamento das métricas.

Uma simples melhoria na velocidade de tratamento dos dados já é suficiente para obter resultados mais precisos, afinal, a credibilidade é um dos pontos fortes da ferramenta.

 

Análises em períodos mais flexíveis

O calendário do Google é um pouco restrito e limita o tempo de um site passar por uma análise, por isso, possíveis reajustes podem possibilitar uma flexibilidade maior nos períodos de avaliação.

Atualmente, a ferramenta analisa um período de três meses e cada vez que ocorre uma modificação, os dados visíveis são de apenas 30 dias.

A ferramenta apresenta um progresso nas análises de links, porém, vale lembrar que o Google Webmasters Tools não é a ferramenta ideal para este serviço e continua sendo limitado para tal utilização, existem alguns serviços mais eficientes como Ahrefs, Majestic SEO, etc.

web masters tools

Identificar os links dofollow e nofollow

A lista de links apontando para o seu site mesclam-se, e porque não identificar os dofollow(considerados pelo Google) dos nofollow(não considerados pelo Google)? Foram mais uma das solicitações dos usuários SEO.

 

Visualizar a URL de um link

Os seguidores de Matt também solicitaram uma análise de backlink mais precisa, com mais informações sobre a página em que se encontra.

 

Melhor API

Outra solicitação dos usuários foi uma melhor API, podendo transmitir dados mais complexos. Sendo que até o momento, as funções reais da API são limitadas quanto ao seu verdadeiro potencial. Muitos profissionais de SEO se queixam de dados não tão precisos.

 

O inconcebível para o Webmasters Tools

Todas estas sugestões podem ser facilmente realizadas. Mas alguns usuários vão mais longe, exigindo funções um pouco além das capacidades da ferramenta como indicar qual URL do sitemap não foi indexada. Função que ajudaria a vida de muitas pessoas, mas um pouco utópica, a meu ver no momento atual.

 

As ideias serão colocadas em prática?

Matt Cutts não prometeu nada, mas tomou nota e certamente levará em conta os desejos dos internautas, profissionais do SEO e webmasters.

Algumas sugestões são interessantes como: detectar um conteúdo duplicado ou roubo, além de sugestões de melhorias para sites versão mobile.

E você, qual sua sugestão para Matt Cutts?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *