praticas-SEO

As melhores práticas de marketing digital para 2014

praticas-SEO

Digamos que você esteja atualizado sobre as novas tendências do marketing digital e os algoritmos do Google.  Realizou uma otimização do seu site, recorreu a um assistente de SEO, produziu conteúdo como mandam as regras e mesmo assim ainda não viu muito resultado.

O que fazer? Mudar de profissão, plantar cana em cuba, semear arroz em Bangladesh ou demitir seu assistente?

Antes de tomar atitudes drásticas, tente enxergar um pouco melhor sua estratégia.

O seu conteúdo pode ser de excelente qualidade, seus textos podem ser muito bem escritos, originais, mas por alguma razão as pessoas não estão visitando o seu site. Nós sabemos que o conteúdo é essencial, porém você precisa de alguns complementos para tornar sua campanha efetiva e isso implica utilizar algumas medidas.

Neste artigo você vai encontrar algumas dicas sobre como tornar sua estratégia mais eficaz além da produção de conteúdo.

parcerias seo

Parcerias e concorrências no marketing digital

Não importa o tema que você vai escrever, sempre haverá alguém para citar, seja o dono da empresa, um colega ou amigo no mesmo ramo de atividade. Isso pode ser bom para ambas às partes. Diante da impiedosa selva industrial, porque não fazer parcerias?

Convide a pessoa que irá mencionar a ler seu texto, ela pode se interessar e compartilhar sua publicação, com isso você proporciona um envolvimento e propagação viral ainda maior do seu conteúdo.

Isso faz com que o mercado fique mais adaptado, justo, evitando concorrências desleais e uma futura desvalorização do marketing digital.

 

Matt Cutts e a humanização dos buscadores

Não se engane com a aparência pacata e serena de Matt Cutts, ele é impiedoso e é o xerife Web spam do Google.

Como havíamos citado em outros artigos, Matt Cutts anunciou que as novas atualizações dos algoritmos buscam além do conteúdo a humanização. Mostre que você pode proporcionar um conteúdo relevante e sociável compartilhando-os nas redes sociais (Facebook e Google+).

 

Redes sociais e o Twitter

O Twitter ainda continua sendo a segunda rede social mais utilizada, perdendo apenas para o Facebook.

Não tenha medo de divulgar seus artigos, o Twiter tem um poder de impacto muito grande e o próprio Matt Cutts anuncia suas novidades pelo Twitter.

Se você não tem tempo pra isso, utilize o Tweet OldPost, ele reagrupa trechos de seus artigos publica no Twitter a cada 6 horas.

http://wordpress.org/plugins/tweet-old-post/

Mesmo assim, não custa nada você utilizar seus recursos para proporcionar um conteúdo criativo em 150 caracteres, porém, seja prudente com notícias envolvendo política ou qualquer outro tema semelhante, afinal nem todos compartilham da mesma opinião. A melhor maneira de evitar conflito ou má interpretação é adotar um tom jornalístico em seus artigos.

 

Busque interação

Procure em fóruns de discussão perguntas não respondidas, comente, participe dos grupos do seu nicho profissional, poste comentários em outros blogs. Não faça isso com o intuito de promover a sua marca, mas sim pela possibilidade de aumentar seu círculo de contatos profissionais, favorecer trocas de conhecimento e quem sabe atingir seu público-alvo.

Por que não estar disposto a responder uma pergunta em Yahoo respostas?

Essa atitude pode servir até de inspiração para um próximo artigo.

 

Vídeos, porque não usá-los?

Os vídeos podem apresentar um grande potencial de alcance ao seu público-alvo, um vídeo dinâmico pode reter muito mais à atenção das pessoas do que um longo texto.

Por essa razão também que os infográficos ganharam espaço, popularidade na internet e principalmente nas redes sociais. Afinal eles oferecem um número de informações relevantes e são apresentados de forma dinâmica.

Veja por exemplo, nosso vídeo falando sobre marketing de conteúdo:

 

Imagens nos artigos

A maioria dos profissionais de marketing digital recorrem ao banco de imagens para procurar uma foto na hora de escrever seu artigo, existem diversas plataformas gratuitas ou pagas que oferecem uma boa qualidade de imagens.

O site Viver de blog escreveu um artigo completo listando os principais bancos de imagens para blogs e afins.

 

not-formal

Não seja tão formal

Não importa se você escreve para um blog de economia ou sobre medicina. Acrescente um tom de humor e seus artigos ficarão mais atrativos e envolventes. Vou dizer novamente: nós, leitores de internet, somos preguiçosos, mal acostumados e lemos muitas vezes apenas as manchetes das notícias e se você quer fisgar seu público-alvo, utilize todos os recursos necessários.

 

Instagram

Apesar de ser utilizado em grande parte para postar fotos de comida ou “jantinha delícia”, o Instagram pode ser utilizado para promoções ou mesmo valorizar seu produto.

Sua página é de esportes? Por que não postar fotos de praticantes de Stand Up Paddle em uma praia do litoral, ou de garotas andando de longboard?

Você tem um restaurante de alimentos orgânicos? Se possível vá até o local de origem de seus produtos e tire umas fotos via Instagram.

Mostre vida e dinamismo em tempo real, você vai proporcionar ao seu público um conteúdo rico e original.

Tumblr

Muito bom para mostrar um preview de algum artigo seu, além de ser compatível com as redes sociais é gratuito.

Pinterest

O Pinterest tem uma concentração muito grande do público feminino e continua ranqueando muito bem. É uma excelente plataforma para mostrar fotos em alta resolução e baixar infográficos.

Saia do seu escritório

Não importa se você trabalha Home Office ou em uma agência, saia de sua confortável cadeira e busque interação.

Nenhuma estratégia é tão eficiente quanto o face-to-face. Frequente seminários, encontros de acordo com o seu nicho ou promova você mesmo confraternizações, ampliando  seus contatos profissionais.

 

Email marketing

Assim como o rádio segue vivo entre os Ipods, o e-mail marketing se adaptou às mudanças e ganha espaço devido à interatividade com o público.

As ferramentas de e-mail marketing podem proporcionar uma interação muito maior com o seu público-alvo do que uma campanha de Facebook Ads, por exemplo. Você pode promover seus artigos, produtos e criar uma verdadeira fidelidade com o seu público.

Mas muito cuidado ao fazer isso, pois você caminha em uma fina camada de vidro, no qual um simples erro pode leva-lo ao impiedoso e subterrâneo Spam. Por isso, faça-o com muita cautela e sem exageros, seja um conquistador e não um adolescente deslumbrado diante de uma mulher mais velha.

 

responsive

Aplicativo ou site responsivo?

Ás vezes pode ser a hora de você investir em um aplicativo para o seu site, mas antes disso, procure sempre designs responsivos, 75% dos brasileiros utilizam smartphones para acessar à internet. Muito de nós já sabemos, mas não basta apenas um bom visual no PC.

Segundo o Google, 61% dos usuários não voltam ao site se eles encontraram problemas ao acessar via celular.

E por fim, procure sempre proporcionar um feedback de seus artigos com os visitantes, uma excelente forme de avaliar o impacto do seu conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *