SEO

Moz revela pesquisa sobre o mercado SEO em 2013

SEO

 

O site Moz.com publicou sua pesquisa anual referente à indústria SEO no planeta, no qual 3700 profissionais de SEO foram ouvidos.

O Hummingbird já havia deixado claro sobre as novas tendências para os próximos tempos como a humanização dos buscadores, aprimoramento na busca por voz e o termo clichê do SEO: O marketing de conteúdo.

Não precisamos de grandes especialistas para prever, muito em breve, uma utilização ainda mais agressiva de smartphones e tablets com controle por voz, substituindo em grande parte os notebooks e desktops.

A internet estaria caminhando para uma linguagem coloquial massiva?

 

A era da indústria digital

Antes de tudo, vamos contextualizar o momento em que vivemos, estamos passando por um processo de grandes mudanças em velocidade acelerada.

Mas quando e onde tudo isso começou?

Mais precisamente na revolução industrial, o tema é bastante controverso e ainda gera intermináveis debates ideológicos.

O historiador britânico Eric Hobsbawm fez análises brilhantes sobre a revolução industrial que se enquadram perfeitamente na transição do mercado digital que vivemos atualmente.

Afinal, ela deixou as pessoas em melhores ou piores situações?

Se não fosse a revolução industrial teríamos todo esse avanço tecnológico de hoje?

Quais foram as consequências humanas disso tudo?

 

Humanização digital

Para o historiador essas mudanças apresentam uma mudança social fundamental, modificando a vida dos homens e a maneira de se relacionar. Transformando de vez seus estilos de vida, deixando-os “livres” para descobrir ou criar outros novos, mesmo sendo ou não capazes.

Grande parte da nossa comunicação é feita digitalmente. Religiões, políticas e empresas estão se adaptando como podem á digitalização da comunicação para conseguirem sobreviver no mercado.

Mas o que isso tem a ver com a publicação do Moz.com?

Tudo. Afinal, analisando toda essa estrutura podemos melhor compreender as métricas, influências e tendências do mercado digital.

 

Moz

Resultados da Moz.com

Confira alguns principais temas abordados e os resultados relatados nessa pesquisa:

SEO apenas para os homens?

As mulheres representam um total 28.3% profissionais na área,  um crescimento de 8% desde 2010 onde constava apenas 20.7% do mercado.

 

Salários do profissional de SEO

Confira uma média de alguns salários dos principais cargos:

  • SEO pode ganhar até U$60.215 dólares (anual),
  • Web Analytics $74.375 dólares (anual),
  • SEM $ 64.460 dólares (anual), Redator de conteúdo U$55,833 dólares (anual),
  • Social Media U$49.167 dólares (anual),
  • Desenvolvedor Web U$53.972 dólares (anual).

 

Salários X Experiência

Obviamente a experiência é um fator relevante para a negociação do salário, segundo a pesquisa, um profissional com um ano de experiência pode chegar até U$33.070 dólares o ano já alguém de 3 a 5 anos de experiência pode conseguir U$ 50.380 dólares o ano.

 

Métricas e estratégias do marketing digital

Qual sua prioridade para realizar uma campanha de sucesso?  Social media marketing, pesquisa por palavra-chave, conteúdo?

No topo da pesquisa, a prioridade dos profissionais para diversa vertentes do marketing digital é o Analytics. Já o marketing de conteúdo fica logo atrás, em segundo lugar, saltando da 5ª para a 2º posição desde 2012.

Logo após vem a pesquisa por palavra-chave, social media marketing e brand strategy (estratégia da marca) respectivamente.

 

Métricas mais utilizadas

ROI, receita, leads, visitas. Dependendo da estratégia da campanha os interesses podem se misturar, mas segundo o Moz.com o primeiro lugar do top 5 das métricas mais valiosas estão a conversão. Em segundo lugar a receita, leads e por fim visitas únicas ocupando o 4º lugar.

 

home office

Home Office, agência ou freelancer. Qual é a sua?

Os profissionais home office estão liderando a pesquisa com  41%, em 2º lugar os profissionais em agências, proprietários com 15% e por fim, os freelas com 10%.

Entre suas atividades principais, estão:

  • Profissionais home office – Analytics, criação de conteúdo, social media marketing.
  • Agências – Analytics, pesquisa de palavra-chave, consultoria de sites.
  • Freelancer – Criação de conteúdo, Analytics, social media marketing

 

tools-SEO

Ferramentas para SEO

Todo profissional tem suas ferramentas preferidas, o Moz.com listou as mais utilizadas sem distinção entre as ferramentas pagas e gratuitas, confira:

  1. Google Webmaster Tools
  2. MOZ
  3. Open Site Explorer
  4. Majestic SEO
  5. Screaming Frog

 

O Bing Webmaster vem ganhando terreno e garante a 6º posição.

 

not-provided

Como lidar com o (not provided)?

Desde 2011 graças às alterações nas políticas do Google, as palavras-chaves de origem orgânica deixaram de ser exibidas na Web Analytics, mostrando os resultados dos usuários apenas como (not provided).

Esse problema vem se tornando gradativo fazendo com que muitos profissionais adotem estratégias e comportamentos para combater o problema.

Entre as principais estratégias adotadas para resoluções do (not provided) estão o empenho, dedicação na taxa de conversão e métricas de desempenho, com 68% de preferência dos usuários.

 

social media

Plataformas de mídias sociais

Facebook continua no topo da lista, o Twitter, apesar de não se ouvir falar tanto quanto antes ocupa o 2º lugar, já o Google + apresentou um crescimento de 70% e agora graças ao novo formato de anúncios pagos promete crescer ainda mais, confira:

  1. Facebook – 90,9%
  2. Twitter – 85,1%
  3. Google+ – 69,8%
  4. LinkedIn – 46,6%
  5. Blogs de empresa – 46,0%

Apesar das campanhas em vídeo pelo Google AdWords, o YouTube ocupa a 6ª posição, o Pinterest e o Instagram estão 7º e 8º lugar respectivamente . Lembrando que o Pinterest é uma excelente ferramenta para infográficos e bem ranqueada pelo Google.

 

Principais ferramentas de social media

  •  Facebook Insights
  •  Hootsuite
  •  Moz

Ferramentas para o marketing de conteúdo

Ferramentas para analisar palavras-chaves estão sendo utilizadas principalmente para desenvolver conteúdo, analisar as tendências de artigos e obviamente analisar a concorrência.

Veja as mais utilizadas:

  1. Google Trends
  2. Google Alerts
  3. Google Insights for Search
  4. G+ Trending

Empresas estão pedindo marketing de conteúdo

Como não poderíamos deixar de falar sobre isso, mais uma vez, encerramos o artigo ressaltando a importância do marketing content: 79% dos profissionais estão oferecendo marketing de conteúdo em seus serviços.

As demandas de criação de conteúdo por parte das empresas vêm aumentando gradativamente, com 71% dos pedidos.

Esperamos que boa parte dos profissionais esteja preparada para um aumento ainda maior dessa demanda.

Link do infográfico completo:

http://moz.com/industry-survey

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *